Pop Coreano · Pop ocidental

Best 2020 – Top 50 (10 a 1)

Olá pessoas que habitam nesse estranho (e agora alienado) mundo da internet

Apesar de eu querer muito que esse post saísse logo aconteceu infelizmente que minha inspiração saiu de mim e decidiu não voltar tão cedo, então por dias eu só encarei a tela branca e não tive ideia do que dizer
Porém depois de todo mundo já até ter esquecido que meu top existia, ela voltou e eu decidi voltar a escrever o que comecei
Então eu gostaria de agradecer a quem se manteve comigo lendo esse top por que se não fosse por vocês eu ia simplesmente ignorar que ele existe e seguir em frente
Vamos começar então:

10 – B1A4 – Tonight

E alguém ainda tinha dúvida que eu ia chutar o povo importante do top 10 pra colocar B1A4 fazendo conceito retrô?
Tipo, não importa se seu fav fez um city pop ou um retrô anos 80 muito melhor que isso, meus bias tem prioridade e se grupos como Stellar, 2ne1 e Ladies Code estivessem vivos eles teriam também, mas como tudo que eu amo nessa vida eles acabaram, e como esse grupo ainda está vivo (quase pela metade mas vivo), eu vou deixá-lo no topo sempre que eles tiverem uma música que mereça e essa daqui, meus amigos, seja por quanto eu ouvi, ou por quanto ela é boa, mereceu a posição alta, principalmente por ela ser muito do tipo que te cativa muito fácil, pois como eu disse no post de review do album é uma música sonoricamene familar, você ouviu algo assim de outros grupos e nada me ganha mais facilmente do que a nostalgia

09 – In the frozen

É realmente muito difícil explicar o sentimento que eu tenho quando essa música começa, a tensão da intro, somada à melancolia que chega com o inicio dos vocais, causam uma sensação de inquietação, de apreensão, e com a crescente até o refrão, o sentimento é potencializado, até vir a explosão no refrão que torna a música no que eu só posso descrever como uma enorme catarse eletrônica
De todas as músicas do Dreamcatcher que eu ouvi esse ano, essa foi a mais presente, chegando até a ficar como meu nome no twitter, e mesmo competindo com tantas faixas ótimas ela conseguiu ser minha favorita do álbum, nada mais justo que uma posição alta nesse ranking

08 – The Weeknd – Blinding Lights

Essa música dispensa apresentações, ela certamente figurou nas playlist de praticamente todo mundo esse ano, ela é marcante, divertida, dançante e trás a tipica melancolia e animação agridoce de músicas remanescentes dos anos 80, e pra mim, quando se trata desse estilo entre as músicas do pop americano, essa ganha de lavada, nenhuma poderá superar em relevância e estabilidade, mesmo que o grammy desse ano não tenha a decência de reconhecer isso

07 – Kylie Minogue – Supernova

A história dessa é interessante, eu sabia que Kylie estava voltando, mas eu não cheguei a ouvir os singles, porém esse aqui veio até mim e acabou no meu celular de alguma forma, com isso ela se tornou muito ouvida meio que sem querer, o que acabou sendo bem marcane, por que esse ano não foi um ano de muito aprece da minha parte pelas chamadas “farofas”, eu estava numa fase mais introspectiva onde eu ouia meus indies, minha midtempos e baladas do k-pop e torcia pra ninguém notar a quantidade de Taylor Swift no meu last.fm
Mas é impossível não se sentir contagiado por supernova, ela faz o que você espera que uma música faça, te fazer imaginar estar dançando em algum clube com luzes piscando e pessoas pulando, 2020 e 2021 não permitiriam isso, mas é leal ter ao menos o sentimento

06 – Lee Suhyun – Alien

Continuando no retrô, temos um daqueles que eu mais ouvi esse ano, saindo de onde menos se esperava, Suhyun do AKMU, que infelizmente renovou seu contrato com a YG, o que quer dizer que provavelmente só voltará com outra dessas na próxima vinda do cometa Halley
Mas enquanto isso nós temos um single que usa muito bem da “modinha atual” e cria uma estética muito marcante que faz a música se destacar e outras nesse ano, o que junto do refrão extremamente grudento, rendeu quase uma posição no top 5 desse ano pra mim

05 – Eyedi – J.us.T

E quando eu digo quase, eu digo isso por que mais gente lançou retrô que não saiu da minha cabeça, mas agora com uma vibe mais intimista, introspectiva, mais contemplativa, o que combinou com a minha vibe nesse ano e acabou me deixando mais tendenciosa a seu favor e colocando ela mais alta, inclusive acho imperdoável a falta de atenção que vocês dão à Eyedi porque ela está no meu radar há muito tempo e ela ainda não lançou nada decepcionante, se redimam assistindo esse MV agora

04 – GWSN – Tweaks ~ Heavy cloud but no rain

Não existem palavras que descrevam o que um EDM redondinho e meio trippy faz comigo, e é por isso mesmo que a b-side que sempre acompanhou After the bloom (alone) do GWSN conseguiu uma oposição tão alta, do primeiro segundo até o último eu me sinto viajando na aura quase mística mas ainda assim bem pop que a música cria, é o tipo de música que me lembra por que eu sinto tanta falta de F(x) no K-pop atual

03 – Loona – Star

E chegamos agora no terceiro lugar com a faixa que serviu para acalentar aos corações amargurados dos orbits que tem odiado tudo que o Loona lançou desde que elas mudaram de direção sonoramente, ela tem um que de retrô, mas é bem leve, e nos relembra dos velhos tempos em que a bbc não estava interessada em ganhar dinheiro mas sim em vender conceito pra fãs com tempo livre o suficiente pra fazer teorias, ou seja o OEC
Ela não foi imediatamente minha favorita, mas acabou crescendo aos poucos comigo, até o momento em que eu não parava de ouvi-la e com a chegada de um MV com o que sobrou do orçamento de Why Not, ela só acabou aumentando sua presença na minha playlist
E eu sei que a bbc só fez isso pra capitalizar em cima do fandom internacional, que é o que mais dá moral pra elas, e isso me fez ficar de cara pra ela no inicio por que acho orbits um bando de ingratos saudosistas, mas nada supera o poder de uma boa música pop

02 – Nature – Girls

Esse caso foi muito interessante, já que Nature nunca foi um grupo que chamou muito minha atenção, mas Girls pegou nomeu ponto fraco, um bom MV de terror/horror no K-pop (vide Hate You do Ladies Code ser, até hoje um dos meus MVs favoritos do K-Pop), eu amo esse tipo de estética e a música conseguiu me conquistar por ser ao mesmo tempo sofisticada e sinistra, peculiar e genérica, eu não sei colocar em palavras o que exatamente me cativa nela, mas talvez o estilo que traz nostalgia aos 10s, ou os vocais creepy em coro me trazendo nostalgia para as músicas creepy de vocaloid com vocais infantis
No fim, é uma faixa estranha, talvez até meio desconfortável, e eu gosto disso, por isso não parei de ouvir em nenhum momento, e ela se tornou ainda mais presente com o MV sem censura, é como se tivessem feito o pacote todo com a intenção de me agradar

01 – Fromis_9 – Feel Good

E falando em me agradar, não há nada mais perfeito pra mim que uma boa farofinha despretensiosa com intensão apenas de divertir, de Crying do Stellar a Picky Picky do Weki Meki, tudo que venha com esse estilo animado que você já consegue imaginar um MV com o povo se divertindo e tendo o melhor dia da vida deles sem uma única preocupação na vida já passou ou ainda está na minha playlist de K-Pop, digamos que músicas de fácil absorção e sem intenção de mudar a vida de alguém são muito boas competidoras quando se trata do que eu ouço, porque são músicas que eu posso escutar a qualquer momento, eu não preciso estar na vibe
E essa música é tudo isso que eu acabei de descrever as executado om perfeição, ela é energética mas sem cair no esquisito demais ou no genérico demais, é o que eu quero, redondinho, direto ao ponto e eu acho isso encantador

Bom, é isso acompanhantes dessa (longa) jornada que foi escrever sobre tudo que eu gostei ano passado, caso queiram saber mais, eu tenho uma playlist com todas as 100 posições aqui
Comentem se tiverem algo a dizer
E ficamos por aqui

Tchau tchau e até logo o/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s