Pop Coreano · Pop Japonês

Best of 2020 – TOP 50 (34 a 22)

Olá pessoas que habitam nesse estranho mundo chamado internet

Como passaram o ano novo? Como estão sendo as primeiras semanas do novo ano?
Estão sendo produtivos?
Ou estão apenas existindo como eu?

Bom, eu acabei começando meu top tarde, então eu estou tendo que deixar a preguiça de lado para terminá-lo, senão ele só vai sair junto com o solo da Jisoo do Blackpink
Enfim, agora a coisa começa a ficar um pouquinho mais séria porque estamos nos aproximando do TOP 20, você acha que sua favorita já vai rodar? acha que ela estará no ilustre TOP 10, ou acha que ela nem vai aparecer porque só você e mais 3 pessoas ouviram a música?
Vamos descobrir:

34 -TXT – Ghosting

Eu sinto que infelizmente, a industria de boygroups que fazem coinceitos mais suaves (lê-se aegyo) está morrendo, então o TXT acaba sendo aquela brisadear fresco em um dia de calor maçante e incomodo
Eu não vou dizer que costumo checar as coisas deles toda vez, em geral elas apenas chegam até mim e eu aceito calmamente
Dessa vez não foi diferente, eu ouvi um comentário de um amigo (Mufasa se você estiver lendo isso, Oi, que bom te ver por aqui) falando que essa era melhor música do mini, e aí eu fui ouvir o mini inteiro e realmente acabei gostando dela
Foi aí que ela conquistou presença fixa na minha playlist, o clima chill, levemente dreamy, mas ao mesmo tempo dançável da música foi mais que o suficiente para me conquistar
E é bom ter eles aqui, assim eu posso evitar que me chamem de anti-bg que só escuta girlgoup ou algo, porque na real, esse ano eu só ouvi coisas por recomendação ou porque eu já conhecia o grupo anteriormente, não é minha culpa que ninguém me recomendou a nova música do BTOB

33 – Girlkind – Psyco4u

O Girlkind foi um dos grupos que me seduziu com um single Girl crush lá em 2018, antes do Teen Crush dominar e eu começar a sentir ódio dessa estética, infelizmente no comeback seguinte elas só fizeram um tropical house genérico que eu não ouvi mais de duas vezes
Mas esse ano elas decidiram fazer algo diferente, lançando esse R&B mais chill e atmosférico, quase chegando numa balada, que obviamente entrou na minha playlist e ficou já que eu gosto desse som mais introspectivo e contemplativo, eu já deixei claro antes que não curto a palavra Psycho, então eu nem me dei ao trabalho de ler a letra, mas o clipe é bem legal e trás umas ideias bem interessantes e dessa vez até o rap não me incomodou então eu ignorei isso e segui minha vida
E acabou que eu ouvi ela meio que como palate cleanser quando estava ouvindo novas músicas de k-pop pelas playlists do spotify da vida, já que eu sabia que já havia gostado, talvez por isso ela tenha ficado tão alta, o tanto que eu ouvi uma música influência bastante o resultado final desse top

32 – WJSN – Pantomime

Quando o WJSN fez comeback, ao invés de falarem sobre a titlem, todos os meus amigos ficaram comentando essa faixa aqui, e com isso eu acabei indo checar o álbum todo e realmente gostei dela (junto de algumas outras), ela tem aquele clima in-between de uma farofa e uma música chill, que as GWSN sempre faziam nas suas cópias de F(x) e ela tem o clima meio mágico típico do grupo, o que é um dos melhores jeitos de uma faixa me conquistar, e além de o refrão ficar bastante na cabeça, o break é muito bom, ou seja, não encontrei nada pra reclamar, eu acho que em um ano em que saíssem menos faixas inspiradas nos anos 80, ela provavelmente ficaria mais alta, mas infelizmente anos 80 é o meu maior ponto fraco quando se trata de música pop então ela veio pra cá, sinto muito WJSN

31 – Lovelyz – Memories

Eu juro pra você que queria muito ter gostado da Title do Lovelyz nesse comeback, mas eu sinceramente nem me lembro mais como ela soa
Eu obviamente ouvi o álbum inteiro, e fui me apegar muito mais a essa, que começa com influências reagge pra depois se tornar mais vibrante e dançante, eu realmente gostei de como elas trouxeram o feel de uma faixa do lovelyz e do build up para o refrão é muito bom, e até o final estilo fading eu achei muito bom e coerente
E eu acredito que pra mim, que em geral prefiro b-sides, é comum não haver nenhum tipo de acompanhamento visual pras faixas que eu gosto, mas algum anjo abençoado se deu ao trabalho de dar upload na performance dessa música de algum concerto online que elas fizeram esse ano e por isso eu agradeço muito

Quando você gosta de músicas mais etéreas comom é o meu caso, uma música ser chamada de satellite sempre é um bom presságio, e como o estilo de música que a Ha:tfelt lança geralmente é bem compatível com meu gosto, não tinha como eu não ficar animada pra essa aqui
Felizmente ela não desapontou, ela realmente me entrega o som etéreo e onírico que eu esperava com a voz cheia de sentimentos dela sendo a cereja do bolo, infelizmente eu vou ter que reclamar do rap no meio da música, não fui muito fã dele, mas tirando isso foi uma música redondinha pra mim, e do tipo que eu imagino que continuarei ouvindo por muitos anos

29 -Eric Nam – Down For You

Algum dia desses eu estava ouvindo álbuns novos de K-pop e eu esbarrei nesse novo do Eric Nam, e como eu costumo gostar do catálogo dele, eu pensei “bom, vamos lá” e eu juro pra vocês que não espera ouvir uma música tão catchy e com sentimento de verão como essa, ela não só me faz querer dançar instantaneamente, como apenas ouvir ela já me traz aquelas imagens de clipes de verão com pessoas se jogando na piscina e se divertindo
Não que 2020 tenha combinado em algum momento com esse clima, mas era bom ter ela pra ouvir e ter esse gosto de quando as coias eram mais festivas e menos… trancafiadas em casa
Foi uma música necessária pra minha saúde mental, creio eu, nada como uma música dessas pra te fazer esquecer os céus nublados de São Paulo que eu vejo da sacada da minha casa e me imaginar em outros cenários bem mais interessantes

28 – B1A4 – What is Love

Eu adoraria colocar a title moral desse álbum do B1A4 mais alta, mas infelizmente esse ano foi MUITO cheio de músicas boas, o que significa que ela ficou meio de escanteio na minha playlist pra uma música tão boa, sendo ouvida mais quando eu ia ouvir o álbum inteiro do que sozinha
Mas eu ainda amo o som pra cima e os detalhes do instrumental que ela tem, é uma faixa boa pra dançar e pra ficar contemplando porque a crush não tge quer, o pacote completo eu diria
Eu adorei que a WM decidiu fazer special clips pras b-sides que eles julgaram mais importantes com cenas do MV, achei muito fofo e combinou com a proposta da música, que é tentar entender o que causa o amor? do que é feito? como surge? já que aquele clipe é extremamente romântico e apaixonado, foi uma b-side que promoveram com um saldo bem positivo pra mim e eu espero que eles continuem com músicas nessa vida, me dá esperança

27 – Dreamcatcher – Boca

O Dreamcatcher mesmo com ausências de Handgong por conta das atividades dela na China, não parou por um minuto durante esse 2020, e é por isso mesmo que elas vão aparecer de novo e de novo nesse top, e sinceramente Boca está entre os singles delas que eu mais gostei, afinal não é segredo pra ninguém que eu amo um bom estilo latino nas músicas que eu escuto e o refrão obrigatoriamente Rock junto disso tornou a receita toda algo maravilhoso
Eu amo as partes mais dramaticas nos versos antes de uma volta com tudo das guitarras estralando no refrão
A letra é extremamente marcante, por falar sobre pessoas que abrem sua boca apenas para hatear os outros, e oferecer suporte a pessoa que está passando por isso, falando que irão defende-la e se certificar de que essas pessoas nunca mais abram suas bocas, eu juro que até chorei lendo essa letra, já que eu era nerd não muito apreciada pelos colegas na escola
Mudando de assunto antes que eu chore de novo, o MV também é muito bonito e eu gostei demais das cenas dele, a ponto de sair desse MV cheia de prints no meu celular, no fim o Dreamcatcher é um dos poucos grupos nessa geração que não vai me decepcionar, mesmo que eu não goste de primeira, vai ser um sleeper hit na minha playlist e voltar mais forte que a trend de anos 80 esse ano

26 – GWSN – Wonderboy (The aerialist)

Eu sou uma pessoa bem parcial a qualquer música com influência de jazz, então quando eu ouviWonderboy, eu sabia que ela seria do tipo que permaneceria com força na minha playlist
É o tipo de música cativante, que me anima, me coloca pra cima, e os vocais dela são tão bons, que eu me sinto derreter com as high nortes dela toda santa vez
Eu inclusive amo que twem uma performance dela com todas de terninho pois mulheres de terno >>>>
Tudo nessa música grita “k-pop retrô” feito certo e sinceramente, obrigada Miles Entertainment por não ficar no safe com esse grupom, elas surpreenderam bastante esse ano e me deixam cada vez mais animada pra ver o que mais será laçançado no futuro, e isso é raro de ouvir eu falar de um rookie em pleno 2020

25 – Dreamcatcher – Jazz Bar

E bom, pra fazer companhia temos mais óbvio Jazz, que foi uma das músicas que eu mais ouvi no full álbum do Dreamcatcher, e eu acho que essa vibe mais dreamy e instigante dela foi o que conseguiu que ela ficasse mais alta do que Wonderboy, porque ela é o tipo de faixa perfeita pra ouvir quando se precisa relaxar, e quem não precisa relaxar em um ano como 2020?
Eu acho que ela é tão bem executada que ela faz eu me perder na melodia e esquecer do resto do mundo e essa é uma característica que sempre faz uma música acabar me marcando, tudo que eu quero nessa vida são 3 minutos e pouco de escapismo e quando uma música me dá isso, eu volta a ela diversa vezes
Eu sei que ela obviamente não é o estilo que esperamos ao ouvir o nome Dreamcatcher e talvez até por isso ela não ficou mais baixo, ela não conseguiu competir com os rockzão no meu coração, mas ela realmente é maravilhosa e eu não conseguirei desencanar tão cedo

24 – Inabakumori feat. Kaai Yuki – Lagtrain

E como nossa mais alta posição para um número de vocaloid, temos Lagtrain de Inabakumori, nome esse que eu nunca acerto a pronuncia e só me lembro que termina em Mori
Sobre a música, eu tenho ficado de de olho nesse produtor desde Tear Rader, existe um certo cinismo nas suas músicas, junto com um sentimento sempre presente de apreensão e ansiedade que as torna extremamente viciantes e com Lagtrain não foi diferente, tanto o instrumental quanto os vocais parecem demonstrar um misto de apatia e incomodo que te deixam muito curioso com o que as letras estão falando, porque a vibe parece típica da de uma música questionamentos existenciais e dúvidas, as letras não são muito claras, mas parece que perder o trem é usado como metáfora, e termos como “um dia que parece eterno” me fazem pensar que talvez seja sobre ser tão submerso nas coisas cotidianas, pegar o trem, voltar ir para o emprego/escola, voltar que você acaba meio que perdendo sua própria identidade, desaparecendo no meio da multidão e não consegue voltar mais a ser o que era, por isso o “perder o trem”

South Club – Rock Star

Embora eu ainda tenha um certo apego com o Taehyun, eu nunca fiquei realmente apaixonada pelas músicas lançadas pelo South Club, em geral elas são legais, mas não do tipo que eu voltaria para ouvir várias vezes
A primeira exceção foi essa, Rock Star, um pop rock light com algumas influências dos anos 80 e o típico sentimento feel good/animador de bandas de rock coreanas
A verdade é que eu perdi a conta de quantas vezes ouvi essa música, ela é divertida e magnética, além de trazer a nostalgia de músicas inspiradas nos anos 80 pra fechar com chave de ouro, é o tipo de música perfeito pra me fisgar

FEMM – Dead of Night

Bom, depois de ter sua era “apagamos todo o nosso conteúdo pra voltar revamped”, o FEMM lançou a música Chewing Gun Cleaner, o que tipo, não chegou a fazer muito por mim, a b-side dele por outro lado acabou sendo um dos j-pops mais ouvidos por mim durante o ano inteiro (0 a mais ouvida foi kick in the world)
Eu sinceramente tenho uma queda por músicas que são ou soam como uma caixa de música, que é o que o inicio da música mostra, mas esse clima não dura muito tempo porque logo entram os sintetizadores e a coisa fica mais frenética e mais pop e eu sinceramente adoro os raps dessa música e mesmo ela sendo toda em inglês eu não consigo entender nada e achei que os “I wish she was dead” fossem “I wish you was dead”, mas vendo a letra faz sentido, o boy só tem interesse nela durante a noite porque durante o dia está com outra e o eu lírico queria que ela apenas não existisse, é meio violento, mas eu entendo, gostar de uma pessoa que já tem alguém é bem doloroso

E bem, é isso
Ficamos por aqui com mais uma parte de “que músicas desse ano que eu me dei aqo trabalho de checar eu ouvi o suficiente pra colocar em uma lista e chamar de as melhores do ano”
Comentem se tiverem algo a dizer
E se não

Tchau tchau e até logo o/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s