Pop Coreano

B1A4 faz uma adição para sua discogrgrafia de respeito com “Like a Movie” (+ álbum review)

Olá pessoas que habitam nesse estranho mundo chamado internet

Como foram as eleições pra vocês, se ferraram muito ou só um pouquinho?
E como está sendo o início do final do ano? Já estão em clima de natal?
Eu ainda não porque em novembro é o dia do meu aniversário, então até dia 29 estou nesse clima

Felizmente, para que eu não passasse meu aniversário em clima de velório, a WM decidiu dar passe livre para um comeback do B1A4 assim que CNU voltou do exercito
Eu imaginei que fosse ser algo simples, um single ou um EP, mas eles superaram qualquer expectativa trazendo um full álbum com 12 músicas, incluindo um solo pra cada um dos restantes na empresa

Vejamos então o single:

Olha, eu juro pra vocês que poderia receber a própria Bling Bling do iKON que eu não iria me importar e estaria feliz da vida Mas dessa vez eu nem precisei forçar, eu gostei da música naturalmente
Ela é uma música bem estilo “o que tocaria no final de um romance de high school americano quando o menino e a menina finalmente dançassem juntos na formatura”
É uma música pra ficar apaixonadinho pela/o/e crush e o clipe demonstra isso muito bem, utilizado de referências cinematograficas de diferentes genêros e com cenas extremamente marcantes e uma paleta de cores invejável
O negócio todo tem alguns momentos que me lembram muito Sweet Girl e elevam bastante a música, que pro ouvinte de kpop médio é chata, baçada de cafeteria, sem graça, sem sal, Xoxa, capenga, manca, anêmica, frágil e inconsistente, mas com o vídeo, imagino eu, fica até ouvivel
Enfim adorei
Dançaria no meu casamento

Continuando o review, falemos do álbum:
O álbum se chama Origine, o conceito é um novo começo, agora que o grupo teve de se reorganizar pra fazer a mesma coisa agora com duas pessoas a menos
Como temos outro membro compondo, a produção passa a sr diferente e isso pode ser notado nas músicas a seguir:

Intro – Origine é a porta de entrada para o álbum, nela recebemos um gostinho do que está por vir e um preludio da primeira faixa, é uma faixa gostosinha que vai descambar no single eventualmente

DIVING é uma das minhas favoritas, por conta da vibe mais animada e refrescante de faixa de verão, o refrão é bem catchy e ela é do tipo que dá vontade de sair dançando por aí, inclusive minha maior decepção é não ser famosa no tik tok pra fazer ela hitar lá

Zero Gravity é quando chegamos ao primeiro solo, interpretada por CNU em colaboração com a cantora Bibi, eu pessoalmente gosto muito quando as músicas deles tem vocais femininos, acho que adiciona muito na música, e essa não é diferente, ela é bem mais contida no inicio e eventualmente explode mais ao chegar o refrão e apesar de eu achar uma música meio parada demais (não que eu não goste desse tipo de música) isso é algo que combina perfeitamente com a intenção da música que é falar do vazio que fica quando alguém vai embora
A minha parte favorita com toda a certeza são os “I hate this feeling too” de ambos os vocalistas perto do final da música, eu sinceramente me sinto ascender toda vez que ela toca

Water Drop é uma baladinha gentil e até um pouco animadora que fala sobre se sentir perdido enquanto procura por sonhos e por amor, se sentindo comparável a ser levado pelas ondas ou estar caindo de um corpo d’água, é poética e muito agradável, mas não é muito marcante

Wind é também uma das faixas que eu mais gosto do álbum, ela tem uma raiva implícita no jeito que o instrumental soa e eu gosto disso nela, na letra, o eu lírico compara a pessoa amada ao vento, que quando ele tenta tocar, desaparece

Plodding é solo de Sandeul, uma balada de cafeteria sem tirar nem por, que estaria em casa em qualquer playlist k-indie o spotify
Ela tem um estilo bem chill e te dá umas vibes bem legais, mas o ponto forte dela são os sons ambientes, que a complementam e deixam a experiência mais interessante

Colored with love é o último solo, o de Gongchan e provavelmente a música que menos tem meu estilo no álbum, embora eu ame seus vocais suaves, o estilo ost de dorama sentimental e dramática não é muito compatúvel com o que eu costumo ouvir no dia a dia, mas não é uma ouvida ofensiva

Let’s fly é a segunda faixa cominfluências lo-fi do álbum (a primeira é Zero Gravity) e ela é bem na mesma vibe de Plodding, com um titulo que remete ao primeiro álbum do grupo e uma letra que reflete sobre o futuro e suas expectativas

TONIGHT é minha segunda favorita, trazendo um retrozinho bem divertido e dançante, que traz uma sensação de familiaridade por já termos ouvido algo do estilo sendo cantado por outros grupos

E por fim, For Bana é a perfeita baladinha finalizadora de álbum, é um presente pros fãs, tem uma letra que expressa gratidão e um amor que nunca terá fim, é melancólica porém reconfortante, enfim ela finaliza o álbum com êxito

No final, o álbum é uma dição respeitável a discografia do grupo, vindo com a intenção de reintroduzir o grupo, agora em uma nova fase, mostrando um amadurecimento visual e um conteúdo diverso e contemplativo
É um álbum para os fãs e sem nenhuma intenção de hitar

Ficamos por aqui
Espero que aproveitem o conteúdo, e sim, eu demorei um mês pra escrever isso por que estava com preguiça de fazer o review de todas as faixas

Tchau tchau e até logo!

Um comentário em “B1A4 faz uma adição para sua discogrgrafia de respeito com “Like a Movie” (+ álbum review)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s