Pop ocidental

Halsey faz um vídeo pro dueto mais gay de seu álbum, aparentemente o relacionamento homoafetivo se perdeu na metáfora

Olá pessoas que habitam nesse estranho mundo chamado internet

Bem, esses dias eu não estava a maior fã da Halsey
O mesmo de sempre, ela é meio pirada demais e forçada demais e isso às vezes me dá nos nervos

Mas essa foi, minha música favorita do álbum
Até porque a simples presença da minha crush Lauren Jarengui já garantiria meu like automático

Sendo assim
Quando eu vi um clipe dessa música, que saiu 190 mil anos depois da música em si, eu fiquei animada:

E é… só fiquei mesmo, porque a animação foi embora rapidinho

O vídeo mostra ela e Lauren lindíssimas indo pra um ringue de boxe e lá elas lutam

Não tem beijo, não tem tensão sexual, não tempo desejo, não tem relacionamento unilateral, não tem sofrimento e nada do que a música fala
É só elas sendo sexys, lutando pra mostrar que o amor machuca e que no final ninguém vence a guerra (inclusive comentários apontam que Halsey por estar de vermelho, representava o mal e Lauren, de branco, o bem, que pra sair do clichê não triunfou no final)

Olha que sangue falso convincente? Eu nunca imaginaria que é fake

E então, no final, um anjo (?) se senta do lado dela, será que isso significa que ela encontra redenção?
Não sei, só sei que esse foi o final mais hétero que eu poderia imaginar porque teve mais romance quando ela olhou misteriosamente pra esse anjo do que quando ela socou a cara da Lauren no ringue
Até porque eu mal vi os socos, os ângulos das câmeras eram péssimos, de fazer qualquer army ter um deja vu sobre o fiasco do camera man da Billboard
E bem, você nem vê elas se batendo direito e ambas já estão ensanguentadas no chão ????

Nas o melhor mesmo é a Halsey cantando com o rosto lindíssimo 1 segundo depois de estar ensanguentada no chão, mostrando que o diretor cagou pra continuidade

halsey 1
23:59
halsey 2
00:00

E é…
Eu achei isso bem decepcionante
Não porque elas não se pegaram, mas porque existem jeitos melhores de se fazer uma metáfora para um relacionamento abusivo, como foi mostrado nessa dança aqui
E o clipe não simboliza nada do que a música diz, pelo menos não na minha visão
E a pior parte pra mim é que fizeram tudo nesse clipe muito “passável” pra família tradicional americana, se qualquer homofóbico desavisado cair de paraquedas nesse vídeo, não verá nada além de umas minas dando umas porradas legais e Halsey encontrando a salvação no amor de um homem (lindissimo homem inclusive) no final, o que pode ser interpretado como uma reafirmação à velha retórica de que mulheres são “salvas” no final pelo homem dos sonhos, que vem e resolve tudo

E já que, segundo a própria Halsey em seu twitter, esses vídeos que ela tem lançado são interligados, e contam uma historia da vida dela, acho melhor ela pegar umas dicas com BTS ou Melanie Martinez, porque tá tenso os vídeos não fazendo referência alguma ao que a música fala e ainda sendo um porre de assistir porque são 4 minutos de SEMPRE A MESMÍSSIMA COISA
Preferia até os carões do kpop a isso
Inclusive até uma coisa bem básicona tipo o GD dançando com jogo de luz e cara de enterro em Untitled, 2014 ficaria mais coerente com a música que isso

Enquanto isso, fiquem com essa indicação vocaloidesca de um pv beeem melhor pra representar um relacionamento disfuncional entre mulheres

Melhoras no próximo clipe Halsey

Tchau tchau e até logo o/

2 comentários em “Halsey faz um vídeo pro dueto mais gay de seu álbum, aparentemente o relacionamento homoafetivo se perdeu na metáfora

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s