Pacotão · Pop Coreano · Pop Japonês · Pop ocidental

Pacotão – Um compilado de releases de novembro

Olá pessoas que habitam nesse estranho mundo chamado internet

Eu acho que a esse ponto eu nem preciso falar que demorei por causa da faculdade né?
Mas então, eu estou (praticamente) de férias
Acabaram as provas
Eu passei
Nem acredito que sobrevivi

Mas isso não me impediu de acompanhar a maior parte dos singles que saíram
*flashbacks de Beca chegando em casa da faculdade e correndo pro youtube ver o MV que foi lançado 6 da manhã e dela acordada em plena madrugada vendo MV que alguém mandou num grupo do whatsapp*
Então vamos acompanhar aqueles que eu achei mais marcantes (bons ou ruins) a ponto de entrarem pra minha listinha de coisas pra comentar

Vav – She’s mine

Começando por algo que saiu no primeiro dia, pra manter a tradição
Essa é uma tipica música de kpop que eu vou ouvir uma vez e curtir moderadamente
Aí eu nunca mais vou embrar da existencia dela
Mas pelo menos o refrão empolga o suficiente pra eu não chamar de bobagem genérica como eu fiz com Middle of the Night

Astro – Crazy Sexy Cool

No comeback passado Astro lançou algo genérico a nível de Middle of the night, a ponto de eu nem lembrar mais o nome da mesma e confudi-la com uns3 combacks diferentes da época quando toca
Mais aí eles vieram no ‘olha como nós amadurecemos concept’ com essa Crazy Sexy Cool (a apelação é tanta que tem Sexyno título mesmo a música sendo mais pra divertidinha que sexy)
E eu vou ser sincera
Eu nem liguei de primeira, achei legazinha e só
Mas acabei viciando completamente por excesso de exposição
Agora eu estou vivendo minha vida baseada nos So easy to love you num i bucho gorgeous babe ♪

 Super Junior – Blacksuit

Tá aí uma mais música que eu ouvi a primeira vez e fiquei ‘tá, mas e daí?’
Só que depois de ouvi-la uma segunda vez, já estava mais favorável, e na décima vez eu já tava amando
Não vou mentir, o meu amor pela música não fez eu achá-a mais “hino” ou algo assim, ela continua sendo apenas boa, mas faz aquilo que se propõe direito e cresce a cada ouvida
O MV divertidinho ajuda, e eu amei o contorno amarelo, achei conceitual

Exid – DDD

Cara, tá aí um instrumental pro qual eu bato palmas, porque eu não costumo gostarde músicas nesse estilo (que eu costumeiramente não sei o nome do gênero, então né), mas ela te conquista mais a cada ouvida e >ÊNFASE NISSO< não soa uma bagunça
Um grande mérito pra uma música de pleno 2017, né?
Esse conceito sexy mais aesthetic com as sombras delas no vermelho tá muito agradável aos olhos, dá vontade de comer (maior elogio – usado apenas no sentido literal- que eu posso dar pra algo/alguém)

Sonamoo – I (Knew It)

Depois de fazer publicidade gratuita pra essa no meu post de O Sole Mio, estava óbvio que isso viria pra cá, não é?
E aí você me diz, Beca, mas esse single é umas mil vezes melhor que Friday Night, que até empalidece perto dela, porque tu não fez post dela e jogou num pacotão?
Bom, eu lhe digo
Girl Crush tem cota de biasismo comigo, e pra ajudar eu tava sem tempo pra fazer post pros hinos de novembro (quem mandou saírem no meu mês de trabalho/provas?)
Mas que esse latin pop mais sensual lado velvet com pegada tango merece um post de enaltecimento, isso eu não nego
Pena que ainda não é tão bom quanto as coisas que saíam em 2012, mas elas chegam lá (se a TS não cagar com tudo)

Monsta X – Dramarama

Eu só… não senti o drama que eu  esperava ao ver uma música com um nome desses
É só um meninos sendo try hard num instrumental genérico, muitas vezes forçando a voz a ponto de dar um pouquinho de vergonha alheia
Mas o clipe está estéticamente muito bom
Faça melhor pro próximo Starship, eu gosto desses meninos, queria gostar das músicas também

Pentagon – Runaway

E falando de Monsta X
Eis que Pentagon lançou mais uma música do Monsta X
E como eu não sou a maior fã de grande parte do catalogo destes, eu achei bem meh
E aí eu fechei ela em pouco mais de 1 minuto
Desculpa Pentagon, no seu caso nem dos membros eu consigo gostar

Snuper – Dear

Eeee, aquele grupo que eu gosto, mas todo mundo gosta muito mais que eu (menos a Sheep) lançou um single, e ainda por cima no meu aniversário
Pena que eu achei a música legalzinha, mas meio sem sal, tipo as melhorzinhas do Apink e as novas do Gfriend
Mas ela é boa considerando a época e sua imensa contribuição em músicas broxantes de natal
Fora isso eu poderia muito bem nunca mais ouvir e me sentiria realizada
Sou mais Back:Hug mesmo

Block B – Shall We Dance

Eu juro que quando saiu, eu tava muito mais empolgada com isso aqui
Mas a empolgação morreu mais rápido que a minha vontade de viver quando eu comecei o ensino médio
Eu ainda acho ela bem boa e bem Block B
Mas eu não sinto mais vontade de ouvir
Talvez só não esteja no clima de bobagens trash try hard
Voltarei depois quando uma vontade de ouvir Dope repentina vier e tentarei de novo

Seventeen – Clap

Ai, eu acho que estou virando stan de Seventeen, essa intro cartunesca me pegou de jeito
E a música é bem mais catchy do que eu esperava, fazendo o Jak jak jak ficar na cabeça e valer as partes fillers da música, tipo quando tudo para, só pro Seungkwan esfregar seu alcance vocal na nossa cara com sua high note desnecessária
Nas embora o praise nesse momento seja grande, ela não me pegou de primeira, não sei porque, acho que virou um hábito só gostar das múisicas depois de algumas ouvidas mesmo

Victon – Remeber Me

Ai Victon, eu não sei mais o que pensar de ti, meu amor
Você passou de rookie que eu  mais me interessava em primeiro lugar com I’m Fine, pra um amargo terceiro lugar, atrás de SF9 e VAV, e, se bobear, logo fica atrás de KNK também
Esssa música não é ruim, e, embora empolgue mais que a última que eu até já esqueci o nome é genérica, meio sem sabor e não conquista nenhum espaço em meu coração
Volte ainda melhor no próximo comeback, que pelo menos essa foi uma evolução

Day6 – All Alone

Então, a essa altura eu já desisti de esperar qualquer coisa do Day6
Vamos só ir atras das b-sides mesmo, que é o que há pra se manter acordado ouvindo eles
Sério isso aqui parece ima canção de ninar (não num sentido bom) natalina, preciso faar ago mais?
Já Pouring não é lá a reinvenção do rock, mas é tão melhor que o single que ouvi-la é até um alívio

Lovelyz – Twinkle

Vocês, todos vocês que estão tacando pedra nessa música
Ouviram errado
Essa música é exatamente tudo que uma música de natal tem que ser
Doce, gentil, motivacional, com gostinho do chocolate quente num dia frio com neve que eu nunca vivi por ser br e tudo que há de espirito natalino no MV
Se arrependam e voltem com uma imagem melhorada

Red vevet – Peek-a-boo

Se tinha uma coisa que eu não esperava ver esse ano era o ‘atraindo entregadores de pizza pra um ritual bizarro’ concept
E sinceramente, não poderia haver surpresa melhor que essa
A música é boa, o MV de halloween 17 dias atrasado é icônico, tudo parece minimamente panejado pra sair perfeito
O que nos eva ao nome do álbum Perfect Velvet, que, por trazer o lado velvet à tona,, me fez ir atrás de seu antecessor, o The Velvet, e bem, posso dizer que, ô coisinha sonolenta, fez a discografia do Day6 de 2017 parecer recheada de hinos
Mas falando do presente lançamento, Perfect Velvet é uma obra prima de extrema coêrencia sonora
Eu ouvi e ouviria de novo (coisa rara considerando minha preguiça até pra ouvir single albuns) e minhas favoritas são Kingdom Come, Perfect 10 e I Just, attaboy também é muito boa

Kard – You In Me

E continuando nessavibe mais sombria que Peek-a-boo iniciou sigamos com You In Me, que traz o inusitado MV metafórico de um amor em que o interesse de uma das partes se acabou, mas a outra parte continua se apegando e tentando manter o que os dois possuem mesmo não sendo mais recíproco
A Somin perdendo a sanidade e se descabelando é o ponto forte de tudo
A música tem uma vibe dark e melancólica, mas sem sair do tropical house tópico que é marca registrada do grupo, ficando lado a lado com Rumor e sua irmã mais bonita Don’t Recall
Muito melhor do que o esperado, tá de parabéns DSP, continue assim

Loona (Yves) – New

Creio que esse deve ser o primeiro solo das menininhas do Loona do qual estou comentando num pacotão
Sinto muito a sua antecessora Love Cherry Motion não ter me conquistado, e Eculips/Singing in the Rain terem saído meses antes de eu ter criado o blog
Mas voltando a música, que não deveria perder seu estrelato loho em seu pedaço dessa imensa lista de singles
New é um single extremamente competente, com uma aura sensual, porém diferente do que já foi trazido em Eclipse
Ela é mais etérea e sofistica, e o MV com Yves sendo bem insolente e diversas referências pros Loonáticos de plantão deixa tudo ainda mais satisfatório
É basicamente o pacote completo, embora ainda fique em terceiro na minha lista de solos (Logo atrás de Eclipse e Vivid), e me viciou grandemente durante as semanas em que eu morria pelas provas
Espero que a crescente de Loona continue
Mas esse relesase deixa a pergunta, de que tema será, então, esta terceira unit do Loona, e quão fundo na  falta de bom senso eles ainda podem ir nos nomes após Odd Eye Circle?

Namie Amuro – Showtime

Saindo agora dos capopes, e entrando na nossa cota para Jpops, comecemos com a Vossa Majestade, rainha do Jpop Namie Amuro, que lançou três singles para promover sua coleção de melhores de todos os tempo, Finally (nome blazé esse)
E das três, a que mais me chamou a atenção foi essa aqui
O MV é divertido, com ela super caracterizada dançando com o povinho da prisão e aparecendo brincando com as roupinhas na lavanderia
A música é empolgante e catchy na medida certa, apesar não ser a salvação do jpop de 2017, é um bom aproveitamento, afinal

The Cibo – Meteor Swimmer

E eis que estou aqui, com mais um agregado da terra do sol nascente que lançou uma música bem Anime opening reaness e foi achado numa daquelas playists de faves mensais das pessoas e surpreendentemente era de novembro mesmo estando numa playlist de novembro

FOR NEW ARRIVALs – Dilemma

Agora que já tivemos uma bandinha com opening de anime, podemos ter um rockzinho mais calma que faz exatamente o que eu queria do Day6?
Pois é, e o MV ainda é aesthetic com umas cores lindas dá vontade né JYP?

Cherrsee – Hallo

E agora, pra equiibrar a força cósmica depois de duas bandinhas formadas por meninos (eu acho) temos aqui minhas ultimates do jpop (depois de Femm) Cherrsee com mais um single lindissimo que você queria que suas faves tivessem lançados
A volta do Cherrsee We’re up in here aquece meu coração e a música é bem farofosa com uma batida muito boa e vocais bem executados
Seria bem mais icônica acompanhada de um PV muitoglamuroso e cheio de autoconfiança?
Com certeza
Mas é ótima mesmo assim
A outra eu achei só legalzinha mas o conceito camaleonico é legal

Gugudan – Chococo

E aí, parece que acabaram os hinos e ficaram só as bombas
Mas é só que sobrou um povo aí menos relevante antes de eu comentar os indies indies mesmo (eu ainda te amo Sejeong Gugudan)
Só que nãope por ser um aegyo meio qaulquer coisa que issogarantiu espaço aqui
Nem porque qualquer coisa com a cara da Sejeong vai entrar por cota de biasismo
Mas por causa DESSE MV ICÔNICO E TÂO RIDICULO QUE BEIRA A LOUCURA
Sério, eu não vejo uma coisa tão sem cabimento e sem nocãode bom sendo por parte dos produtores e editores desde… sei lá… muito tempo, eu não lembro de um exemplo aqui
Mas isso é tão cômico e sem nenhum aspecto levável a sério que se torna bom e dá vontade de assistir de novo, mesmo que seja meio cringy algumas partes (os chapéus de kisses de chocolate, socorro)
E o adorável blog Áquario Hipster fez uma fanfic impressionante disso, trabalho digno de ser lembrado aqui, colem lá

Jeon Soyeon – Jelly

Ah, eu queria tanto que essa pirralha debutasse e então…

É
Não sei
Essa música
Ela não é lá aquelas coisas
Tipo, ela não é horrível
Mas não é tão boa assim
Ela está num *meio termo*
No vácuo no espaço tempo
E só
Isso aqui tá parecendo um poema por causa do formato, né?
Fiquem com um:
Jelly não tem nada de especial
Mas o refrão não sai da sua cabeça
Vale mais ver algo melhor como DDD
E torcer pra que sua mente esqueça

Ps: Eu achei que os up on the jelly fossem open the jelly em inglês com muito sotaque, entãona minha cabeça será sempre isso

Wanna One – Beautiful

Então, teve gente que tacou pedra atrás de pedra nisso aqui, eu não serei tão dura
É só uma baladinha que demora pra engatar e só vale realmente a pena no refrão porque os versos são meio monótonos, mas ela não é merecedora de todo esse ódioque vocês dão, assim como Spring Day não era, vocês que exageram na dose mesmo

Suran – Love Story

Eu gostaria de saber quem é o responsável por terem dado uma demo da Heize pra minha rainha indie Suran pra que eu tome as providências e essa pessoa seja devidamente punida
Sério, nem pra ser ost de dorama isso, que aí eu perdoava
Espero que a Suran esteja ganhando muito dinheiro dos órfãos de músiquinha de cafeteria sem sabor e sem alma
Eu ainda preferia 1+1=0

Soma – In My Phone

Bem, continuando na vibe indie
Isso só entrou porque eu gostei encontrei panfletações disso no twitter do Scar e acheiisso a tipíca coisa indie coreana que eu amo
É meio etérea, despojada e subjetiva com os toquinhos pseudo-trendys que um bom indie com alma deve ter, e a voz rouca e pesada de Soma faz um ótimo trabalho acrescentando a ela

Kassy – Listen to this song

Eu me lembro de ter visto essa moça no Unpretty e nunca ter trazido nada pra cá, porque nunca achei nada marcante o suficiente
Mas essa música, por algum motivo se destacouentre as outras típicas osts coreanas que ela lançou
Não sei se é por a voz dela brihar com um instrumenta tão simpes, ouse é porque eu adorei o sotaque dela aí
Só sei que essa música tem algo de especial que a fez não passar despercebida

Stella Jang – Cheerleader

Aqui acontece o mesmo de Soma
Entrou porque eu adoro essas coisas indies mesmo
Mas essa tem o diferencial de que a voz dela está infestada de autotune a ponto de me deixar nostálgica pelos singles do kpop de 2010
Ela ganha ponto por ser chicletinho que é geralmente onde as músicas indies não se dão muito bem, mas perde os pontos por ter um rap totalmente avuso que não acrescenta nada, e ocara nem tá com a voz cheia de autotune também pra ficar coerente como já fizeram funcionar antes, então a transição é estranha
Acho que ainda fico com Vanishing Paycheck por esses motivos, fazer o que

Now now – Yours

Agora é a hora que eu coloco minha banda favorita na última hora porque esqueci de enfiar o último single deles na playlist de agosto e queria falar deles

Yours não me encanta tanto quanto SGL, mas a vibe mais pop se faz mais presente aqui para o descabelamento dos fãs que queriam a nova Threads

O povo reclamando da letra ser íor em comparação às antigas sópor não ter as mesmas metáforas conceituais também chega a ser engraçado
As pessoas não gostam mesmo de mudanças viu (lê-se indie é tudo chato mesmo)

Paramore – Fake Happy

E teve nos comentários uma pessoa fazendo um loooongo comentário recamando de como o Paramore mudou e as músicas perderam a alma e bla bla bla, claramente não partihamos gosto nesse sentido
Então eis que temos aqui o novo clipe do Paramore da música mais bittersweet Fake Happy, que é uma das que eu mais gostei tanto em letra como em instrumental e vocais
O Clipe é bem simpes mas de uma carga emocional muito grande, e as carinhas-máscara nas pessoas evidenciam perfeitamente a mensagem da música, que é ainda mais realçada quando é mostrado o rosto da Hayey e vemos que ela estava na verdade chorando esse tempo todo
Bem arte com significado mesmo

Então

Acho que ficamos por aqui

Afinal eu já escrevi tanta coisa que nem sei mais o que tô dizendo

Tchau tchau e até logo o/

Anúncios

7 comentários em “Pacotão – Um compilado de releases de novembro

  1. Não acredito que você citou minha fanfic xD Mil obrigados, fico muito feliz que você gostou ❤

    Esse mês foi tivemos muitos clipes criativos mesmo, minha cabeça não conseguiu parar de enxergar plots pra escrever altas estórias kkk E 1+1=0 é um single completamente injustiçado T-T (mas até que achei agradável essa Love Story)

    Curtir

    1. Ah, mas é claro
      Eu amei a fanfic, conseguiu colocar um monte de coisa que tava confusa na minha mente numa historinha, paguei muito pau pra ela ❤

      Nooossa, mais plots ainda?
      Quero!

      1+1=0 deveria ser reconhecido como o single que é
      Ah, mas o pior é que eu nem lembro como Love Story soa pra dizer se concordo ou não
      Ela deve ser agradável até
      Mas agradável nível ost de dorama
      Você acha agradável mas se tiver num lugar mais confortável você dorme

      Curtido por 1 pessoa

      1. De fato, deu um pouquinho de sono kkkk

        Os plots estão no meio das albuns reviews de novembro (fiz umas mini fanfics dos singles) kkk E nem ser o que dizer pelos elogios, valeu ❤

        Curtir

  2. Achei o poema super conceitual, vc tem futuro. Realmente essa do Lovelyz tá ótima, mas creio q as pessoas são preconceituosas com o natal mesmo, mas eu ate entendo, geralmente só tem baladinha chata e otimista.

    Curtir

    1. Bom ouvir isso
      Farei mais poemas então

      É, eu entendo perfeitamente o preconceito com o natal, eu também fui cheia dele ouvir, o que acontece é que ela não é ruim, e o povo menosprezando provavelmente porque já foi ouvir sem intenção de gostar me deixa com raiva

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s